VidênciaO que é

Para explicar o que é Vidência, devemos remontar às origens do fenômeno, que se popularizou a partir de um dos mais conhecidos Videntes.

Michel de Nostredame ou Miquèl de Nostradama, mais conhecido como Nostradamus foi um apotecário e médico da Renascença que praticava a alquimia, como muitos médicos do século XVI. Ficou conhecido por famosas previsões, registradas em sua obra mais conhecida, "As Profecias", composta de versos agrupados em quadras, organizados em blocos de centúrias.

Nostradamus publicou seu almanaque durante cerca de dez anos, contendo suas previsões.

Dentre suas profecias mais famosas, estão o nascimento de Hitler e a ascensão do Nazismo; O grande incêndio de Londres, que consumiu a cidade em 1666, deixando mais de 70 mil pessoas desabrigadas, tirando a vida de mais seis. Como se isso não fosse impressionante o suficiente, dentre suas profecias estão ainda a morte acidental do Rei da França (Henrique II) e da eclosão da Revolução Francesa, em 1789.

Vidente: O que ele faz?

Clarividência, segundo a parapsicologia, é a capacidade de obter conhecimento de evento, ser ou objeto, sem a utilização de quaisquer canais sensoriais humanos conhecidos.

Portanto, podemos chamar a vidência de algo como “visão espiritual”, ou seja, aquela que se dá no plano espiritual, onde as leis que regem o tempo e o espaço são diferentes das nossas. Mas o que significa vidente? Sabendo o significado de vidência, fica ainda mais fácil entender o que significa vidente, não é mesmo?

A palavra vidente é designada para identificar “aquele indivíduo, homem ou mulher, que tem as aptidões e competências necessárias para exercer a vidência”. Ou seja, vidente significa “possuir a capacidade de ver o passado, fazer previsões do futuro e conhecer profundamente o presente, ainda que não esteja no local de determinado acontecimento”.

Profetas ou Videntes outros clarividentes na história

Edgar Cayce

Cayce foi um dos videntes de mais renome, falecido no ano de 1887. Fazia suas previsões em estado de transe, enquanto permanecia deitado. Enquanto ficava em transe, as pessoas faziam perguntas sobre o futuro, em especial, sobre a saúde. Ele dizia que a mente inconsciente é capaz de acessar informações que não são disponíveis enquanto consciente.

Ele foi responsável por mais de 20 mil previsões, sendo que algumas delas acabaram acontecendo, a exemplo da Grande Depressão e os atos de Hitler. Outras ainda não aconteceram mas dão esperança para os curiosos, visto que previu a desintegração da Califórnia no oceano e até mesmo a descoberta de Atlântida.

Joan Quigley

Era a vidente e astróloga que atuava para a Casa Branca, especialmente para o então presidente, Ronald Reagan. Eles possuíam um acordo e ninguém poderia saber que ela aconselhava o presidente e sua esposa, Nancy Reagan. De acordo com a revista Time, nenhum tipo de aparição presidencial era feita sem antes consultar Quigley. Foi ela quem aconselhou que o dia 14 de fevereiro de 1987 seria perfeito para assinarem o tratado de forças nucleares.

Madame Lenormand

Com origem francesa, Madame Leonormand era uma das videntes profissionais no período napoleônico, no entanto, a de mais reconhecimento. Era literalmente a vidente de Napoleão, conhecendo várias personalidades durante a Revolução Francesa. Previu a morte de muitos deles, sendo considerada na França uma das mais renomadas cartomantes. Seu nome é bastante associado à origem do baralho cigano, usado ainda nos dias de hoje.

Descubra seu Futuro Solicite agora uma previsão completa sobre sua vida por apenas R$ 79,90